sábado, 10 de maio de 2008

Letra da música Ilusão de Ótica

Tecnologia, tecnopatia, tecnofobia
Tecnofobia
Tecnofobia de tecnologia, tecnologia de tecnofobia, tecnofobia
Tecnofobia ou folia, folia ou tecnofobia
Anarquia
Anarquia

Agora onde está a ordem?
A ordem não virou desordem!

Olha a Cibernética, vem Ciberespaço
Onde estão os Ciborgues, Ciborgues
Cibercultura, cultura, cultura, cultura
Vamos nos conectar, aonde?
Na “net”, na “net”
E a “net” é de internet? Ou o quê?

“Navegar é preciso, viver não é preciso”

Neste mundo animal, hoje tudo é virtual
Virtual é: Eu, você e ele
Não transforme isto em mal
Não queira ser você o tal
Isso é apenas o “Virtual”
E também tem o mineral
O titânio, micro chip e coisa tal

Eu não tenho o talento
Mas, tenho que cumprir este evento
Talvez até estas palavras desapareçam no vento
O ritmo pode ser acelerado, mas acho que é lento
Não diga você que eu não tento
Ainda bem, que disso não depende o alimento
Fato é que este é o momento

A rede, ela está na parede
Ou a parede é que está na rede
Só sei que o que não tenta, geralmente, se arrepende
Daniel Mangueira Leite
Postar um comentário